Páginas

terça-feira, 15 de julho de 2014

Batatas Doces e uma nova paisagem na janela

As plantas nascendo na janela.
Na fruteira de casa sempre ficam alguns legumes sobrando. Um inhame que não coube na panela, um batata doce comprada por engano, um gengibre que ficou fibroso, uma batata-inglesa muito verde... E elas vão se acumulando na cozinha.

Dia desses, resolvi dar um novo destino pras batatas-doce. Elas são muito fáceis de cuidar e as folhas são muito ornamentais. No mais, são muito resistentes a doenças, e EXTREMAMENTE resistentes à seca.

Se não tiver onde plantar, um canteiro, plante em vasos. Ela fica linda, e as folhas são comestíveis. Então, mesmo que você não tenha a intenção de colher batatas, verduras você terá. E se são boas? Pra falar a verdade, são as minhas preferidas. Uma mistura de batata doce com espinafre. Refogadas, uma delícia no arroz.

Batata doce brotando, na areia úmida.
 Plantei na minha janela, e veja só. Uma floresta de batata doce.

E não pense que é monótono. As batatas doces, raízes, podem ser roxas, amarelas, brancas ou de pele rosada. As folhas, claro, seguem a mesma variabilidade - muitas formas e cores diferentes.

É só esperar brotar e colocar na água. Ir trocando a água todo dia. Assim que estiver com um palmo de altura, tire a rama e coloque na água.

Em 2 dias enraíza. Basta plantar na terra. Facinho facinho!

(...) Passaram 3 semanas e eu esqueci uma muda mum vasinho na minha janela. A água foi secando, secando, e deve ter secado há muitos dias.

Reparei que os brotos ainda estavam verdes.

Peguei os talinhos, cortei a parte morta e plantei na terra. Todos eles voltaram à vida.

Isso me surpreendeu, o quanto ramas conseguiram se virar bem sem água. Água nenhuma. E num sol esturricante de uma janela face norte. Imortais!

Coloquei na água e em uma semana estavam assim, enraizando e soltando novas folhas.


Os brotinhos, recuperados.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...