Páginas

quinta-feira, 13 de abril de 2017

Chaya: o super alimento


Folhas de chaya indo para a panela.
Você não está lendo errado: já falei da chaya aqui

Se você consome a ora-pro-nobis ou a moringa, as famosas plantas do momento, notáveis por suas propriedades nutricionais, ricas em proteínas, vitaminas, nisso e naquilo, precisa conhecer a chaya. Não, ela não é uma planta milagrosa, porque planta nenhuma faz milagre. Não vai curar todas suas doenças, mas vai deixar seu organismo bem mais saudável. E de quebra, não tem o gosto forte da moringa ou a baba da ora-pro-nobis. E sim, é uma PANC.

A chaya (Cnidoscolus aconitifolius) está famosa nos EUA, mas isso é uma daquelas modas passageiras, tal como a gojiberry e a farinha de maracujá. Fato é, apesar de todo o marketing, a chaya é uma hortaliça consumida há séculos nos México, com indícios de seu uso pelos Maias, repleta de história. Quando uma planta fica famosa, a  industria descontextualiza toda a cultura na qual a planta está inserida e a transforma em uma tabela de valores nutricionais. Então saiba que, apesar de todos os benefícios nutricionais, ela tem uso tradicional e está envolta em uma rica cultura.

Nunca fui muito bem sucedido no meu canteiro de hortaliças, especialmente porque a água é um problema - só estou presente para regas uma vez por semana. Por isso que eu amo as PANC - mesmo sem cuidado, muitas espécies, mais rústicas, se desenvolvem bem. A chaya é uma dessas. Passou de uma estaca de 20cm para um arbusto de quase três metros de altura em pouco mais de um ano. E quanto mais se colhe, mais ela produz. Não sei dizer uma hortaliça que produza tão bem com tão poucos recursos. Isso sim faz dela uma planta miraculosa, equivalendo à moringa.

O sabor da chaya lembra o da couve, embora seja também chamada de espinafre de árvore. Diferentemente dessas verduras, não exige solo fértil, produz abundantemente o ano todo e praticamente não é atacada por insetos. Por isso, acredito que seja uma planta perfeita para quem quer folhas para acompanhar o almoço mas não tem disposição para cuidar de uma horta. E ela cresce muito rápido, virando um arbusto bonito e comestível.

a planta, em dezembro de 2015

em fevereiro de 2016

em maio de 2016

em fevereiro de 2017
Suas folhas são recortadas e com formato característico, sofrendo alterações quando a planta é nova ou mais velha. Há pelo menos 4 variedades comuns em cultivo. Para plantar, basta espetar uma estaca no chão, em um local que tenha pleno sol, e esperar pelas folhas. Claro que, caso receba irrigação periódica e um bom composto orgânico, vai se reproduzir mais rápido ainda e ter folhas maiores. Mas não é essencial.

de onde uma folha é retirada surge um novo caule

os rotos crescem à olhos vistos

as flores surgem ocasionalmente,
mas não frutificam.

Com quase 3 metros de altura, as borboletas aproveitam
as flores.
As folhas da chaya mentém a cor verde bonita e a textura quando cozidas, não ficando molengas demais - é difícil diferenciar da couve, na cor, textura e sabor. O preparo, contudo, é um pouco diferente - ela precisa ser fervida por alguns minutos antes de receber o tempero, e a água deve ser descartada. Também é bom que se evite panelas de alumínio, que liberam toxinas em contato com a chaya. As folhas são tão ricas em proteínas quanto o feijão-fradinho, contando com uma dose alta de cálcio, vitamina A, C e complexo B. 

Duas variedades em cultivo: mansa e estrella.
Essa planta alimentícia não convencional (é convencional no México, aqui não) é bem versátil na cozinha - além do uso refogada, é usada em pamonhas salgadas (tamales), panquecas, pães verdes, molhos, e todos os usos que se fazem com o espinafre. Já fiz pastel com queijo fresco, recheio de pizza, omelete e sopa, e todos ficaram sensacionais. Use as folhas menores e mais tenras, e remova o talo. Basta picar, fervê-las, escorrer a água e depois refogar. E que tenhamos mais chayas por aí!

12 comentários:

  1. Guilherme bom dia, tenho algo parecido no meu quintal, nasceu espontaneamente.... como posso confirmar que seja mesmo a Chaya?
    Obrigada

    ResponderExcluir
  2. Onde encontro galhos para fazer mudas? Vc tem?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, não comercializamos mais nenhum produto, obrigado.

      Excluir
  3. gostei muito, posso repostar no meu blog? abraços.

    ResponderExcluir
  4. Oii Guilherme, sabe onde posso encontrar Chaya em SP? Obrigada bjus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Mari, desconheço quem tenha para comercialização, o plantio ainda é incipiente. Distribuirmos mudas com agricultores na Zona Leste de SP, espero que em breve tenham para comercialização.

      Excluir
  5. Pelo visto o Guilherme não pode ou não é dado a respostas rapidas ou lentas.Fica aqui a proposta.Responda a todas as perguntas acima e a minha no final, que lhe dou 2 ou 3 soluções organicas simples e baratas de ter a horta de chão com a umidade necessária por uma semana;Minha pergunta: onde acho - quem tem, quanto, etc- galhos para mudas?Abraços ao guilherme e a todos acima!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, não sabemos quem comercializa. Nossas mudas foram ganhas. Você pode procurar na internet. Já vimos para vender no MercadoLivre. Um abraço.

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...