Páginas

sexta-feira, 24 de março de 2017

Laranjinha, limeberry

Estive por muito tempo procurando essa planta parente da laranja, chamada de laranjinha (Triphasia trifolia). De fruta cítrica nada tem na aparência, estando mais para murta do que para uma pequena laranja. Receitas pela rede são poucas, informações em escassez. O que se diz dela é que é uma planta usada como ornamental, muito invasiva, que tem gerado alguns problemas ambientais em regiões litorâneas. Ou seja, é bom ficar de olho caso vá plantar a laranjinha por aí.

Um ramo e seus frutos, doces e amarguinhos.

Cada pontinho escuro na fruta é
uma bolsinha de óleo.

Uma rama da planta. As folhas não tem aroma.

Essa pequena frutinha tem um sabor potente - na sua casca, é possível observar pequenas bolsinhas de óleo essencial, que se rompem e liberam na boca esse aroma doce-e-amargo de laranja. Na verdade é um sabor cítrico que não dá pra associar com nenhuma fruta em particular, lembrando talvez uma kinkam. Bem potente, equilibra um amarguinho gostoso com o doce e o perfume picante de casca de laranja. A planta tem as folhas em forma de trevo (eis seu nome científico, tripholia), e é munida de fortes espinhos, assim como alguns tipos de limão.

Depois de tentativas fracassadas de adquirir essas sementes pelos correios, fazendo minha pesquisa de mestrado, encontrei no quintal de um morador do Vale do Paraíba. Para minha tristeza, em poucos dias as sementes perdem a viabilidade, então não sobrevivem bem à remessas postais, o que é uma pena.

O senhor que a tinha no quintal disse que se uso para aromatizar cachaça, e acredito que deva produzir algo que lembre o licor curaçao, só que em uma tonalidade avermelhada (de onde vem aquele azul, te pergunto). Porém, esse uso era só antigamente e hoje em dia a planta caiu no esquecimento.

As sementes são pequenas e muitas vieram abortadas - foi difícil encontrar ao menos uma que estivesse em condições de plantio. Estão há um mês na terra e até agora, nada. Estou sentindo que vai ficar só na lembrança. Caso tenha frutos aí, aproveite e use-os!

3 comentários:

  1. Eu consegui aqui em João Pessoa e tenho no meu sítio. Só não sabia o nome. Mas acho muito gostozinha

    ResponderExcluir
  2. Achei lindo o arbusto plantado em um vaso de um hotel, trouxe frutos mas não germinaram.
    Em 2010 ganhei um exemplar enorme, disseram que era guaraná, sabia que não era isso mas cuidei com carinho.
    Meus filhos comeram uns frutinhos e fiquei apavorada, sobreviveram, é claro.

    Grata por compartilhar esse conhecimento.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O licor fica muito bom, vale provar. Acho que ficam em infusão na cachaça por algumas semanas.

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...