Páginas

quarta-feira, 29 de março de 2017

Malvavisco e geleia com suas flores

Faz tempo que estou para postar esse experimento. O malvavisco (Malvaviscus arboreus) esteve lindo com essa chuvarada toda que abateu sobre São Paulo nesse verão, e aproveitei para coletar algumas flores para fazer a geleia. Suas flores são comestíveis, asim como suas folhas, consideradas uma verdura PANC. O malvavisco é parente do hibisco, tanto o de fazer chá quanto o ornamental (que também é comestível, tá?).




São lindas e podem ser consumidas cruas.
Ou consumir uma tarde toda para virar geléia.
Essas lindas flores vermelhas também são cheias de bichinhos dentro. Insetinhos pretos, minúsculos, que exigem que você abra flor por flor para ter certeza que a geleia será vegetariana. Não desenvolvi algum método mais prático, alguém que saiba pode me ensinar?

Pois bem, dois sacos de pétalas e quase três horas depois, as flores despetaladas foram para a panela com açúcar, e cozidas em fogo baixo. Apesar de ser uma flor, a família das malváceas, da qual provém o malvavisco, não é famosa pelo perfume que exala - em geral são flores lindas, mas inodoras. Então, já imaginava que o sabor seria suave.

Rapidamente as pétalas foram ficando cremosas, se dissolvendo, liberando um espessante natural que deixou a geleia bem grossa - algo como uma versão menos babenta da gosma do quiabo (são parentes, olha só). Fui provar a geleia e... gosto de nada. Pra não dizer que não tem gosto de nada, tinha um gostinho de fundo, de mato cozido. Me senti na obrigação de fazer aquela massa vermelha e doce ficar palatável - adicionei caldo de limão, casca de laranja, cardamomo e cravos, e assim virou uma bela geleia vermelha de malvavisco com gosto de laranja.

o crime não compensa
Se compensa? Não faria novamente. Muito trabalho para resultar em um pequeno pote de geleia sem nenhum gosto em especial. Que é comestível, é. Mas dá trabalho. Talvez uma flor para ir junto com uma fruta clara, como maçã, pera, cambuci ou abacaxi - ai acho que o resultado pode interessar. E quem conseguir um método menos manual de tirar os bichinhos das flores, me avisa!

Um comentário:

  1. Tem que pegar os botões, antes de abrir. Terão menos ou nenhum bichinho.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...