Páginas

sexta-feira, 27 de junho de 2014

Taiobas, a confusão: Guia Definitivo de Identificação

(atualizado em 08/11/2017)

Taioba verdadeira, Xanthosoma taioba.
A taioba (Xanthosoma taioba, por vezes denominada Xanthosoma saggitifolium) é uma hortaliça que está voltando a ser consumida e cultivada nas hortas. Pergunte por aí - certamente alguém já ouviu falar ou já comeu, ou conhece alguém que já comeu. É uma verdura folhosa grande, de sabor parecido com a couve, consumida refogada, ou em outras inúmeras receitas, como molhos verdes, pastéis, bolinhos e suflês.

O problema é que a taioba é uma planta de difícil identificação, por ser parecida com muitas plantas não comestíveis, ou que exigem um preparo diferenciado. Mesmo a taioba possui alguns indivíduos que, mesmo sendo taiobas, são mais ou menos "mansas", dependendo da localidade do clima e da época do ano. 

Muita gente confunde a taioba com o inhame. Depois da leitura desse guia, você aprenderá a diferenciar as duas. Aliás, você precisa saber, na Ásia, as folhas do inhame são consumidas igual a taioba. O problema é que eles tem muitos tipos de inhame que nós não temos, todos variedades de Colocasia esculenta. Na dúvida, mesmo que tenha lido em algum lugar, NÃO COMA FOLHA DE INHAME. Sobre os tipos de inhame que existem e não temos no Brasil, você pode ver alguns deles  clicando aqui.

Quando e onde colher?

É uma planta que gosta de ambientes sombreados e úmidos, como terrenos abandonados, próximo a muros ou ainda perto de córregos. Então, se estiver nascendo em local seco, não é taioba.

A taioba não deve ser colhida se crescer em local com muito sol - elas se defendem do sol fabricando "defesas" que deixam a folha com um teor maior de substâncias tóxicas. Prefira sempre as plantas que crescem com folhas em ambientes sombreados.

Ela hiberna em locais secos, como o interior de São Paulo. Prefira colher taioba nos meses chuvosos da sua região. Em cidades litorâneas, por exemplo, ela pode ser colhida o ano todo. Uma mesma taioba pode ser "brava" ou "mansa" dependendo da época do ano.

Como cultivar?

Para fazer mudas, você pode remover os brotos laterais que as plantas mais velhas soltam, replantando-os. Inicialmente as folhas são pequenas, mas em solos férteis e bem irrigados elas podem ficar enormes. E, se você mora em locais cujo inverno é muito seco, pode ser que elas hibernem e fiquem sem as folhas até a volta das próximas chuvas.

Como identificar a taioba verdadeira?


(Clique na imagem para ampliar)


Ela precisa ter:
  • folhas em forma de coração
  • ser totalmente verde, inclusive os talos
  • ter uma linha que circunde a folha toda, na borda
  • ter as duas "orelhas" se encontrando no talo
  • crescer com a ponta "apontando" para baixo, igual um coração
  • não pode ser muito rugosa ou amassada
  • não pode ser trepadeira
  • não dá flores coloridas - as flores são discretas e esverdeadas.
Existem diversas plantas, da família das Araceas, muito parecidas com a taioba. Contudo, poucas possuem as folhas comestíveis após cozimento. Das comestíveis, estão inclusas no gênero Xanthosoma: Xanthosoma sagittifolium (conhecida como taioba) e Xanthosoma mafaffa (chamada de mangarito). A taioba-brava (Xanthosoma violaceum) tem os talos roxos, as raízes (inhame) comestíveis cozidos e as folhas comestíveis após longo cozimento. Na dúvida, evite.

Porém, há muitas espécies que as folhas, apesar de parecidas, são ricas em oxalato de cálcio e outras substâncias, sendo portanto tóxicas e causando irritação na boca, mesmo depois de cozidas. Elas estão principalmente no gênero Xanthosoma, Alocasia e Colocasia.


Taioba verdadeira, nascendo na sombra e em local úmido.
Falsa-taioba, Xanthosoma robustum. Apesar de muito
parecida, as folhas são muito "bravas" para consumo.
A diferença está em três dicas: essa espécie é maior
 (até 4m de altura), as folhas são onduladas, o "caule"
(inhame) fica totalmente para fora da terra e as
 "orelhinhas" ou "v" da folha ÀS VEZES não se
encontram no caule (veja detalhe).

Taioba verdadeira, Xanthosoma taioba.
 Note que está amarelada e nascendo
em local ensolarado.
Pode estar muito "brava" por causa do clima e ambiente.
Taioba-brava. Xanthosoma violaceum. Note os talos roxos.
Folhas comestíveis após longo cozimento.
Raízes comestíveis cozidas igual inhame.
Resiste mais a seca do que a taioba verdadeira.
À direita, taioba verdadeira.
À esquerda, taioba-brava, (Xanthosoma violaceum).

Inhame, Colocasia antiquorum. Nota que a fenda da folha
se fecha antes do talo. Não tem linha circundando a folha.
Raízes comestíveis cozidas.
Singônio. Syngonium podophyllum.
Planta trepadeira ornamental.
Tóxica.
Xanthosoma atrovirens. Taioba-branca.
Parece taioba, mas tem manchas brancas. Não comestível.
Essa é a Alocasia macrorrhiza. Parece com a taioba,
mas as folhas apontam para cima. Come-se o rizoma,
idêntico ao inhame, muito bem cozido. Não recomendamos
 o consumo nem do inhame  por ser muito "bravo". 
Mais informações sobre as raízes comestíveis do gênero
 Alocasia, ou inhame gigante, aqui, em inglês.
Antúrio. Flor ornamental. Não consuma, não é comestível.
Deixo os vasos da sua avó ou mãe em paz.
Se você confunde taioba com antúrio, lembre-se de estudar
mais o tema antes de sair colhendo plantas para consumir.
Resumo da identificação da taioba verdadeira. 
(Taioba Verdadeira. Clique na foto para ampliar)
(Falsa Taioba/ Taro ou Inhame
Colocasia esculenta). 
Clique na foto para ampliar
ATENÇÃO
Existe uma espécie pouco conhecida chamada couve-chinesa ou taioba-chinesa, que tem as folhas parecidas com o inhame. Ela é difícil de identificar, então não consuma se não tiver ganho de uma pessoa que tem certeza do uso e que faça consumo dela. Abaixo, fotos da planta, cedidas pelo Lúcio Tamino.

Parece inhame mas é couve-chinesa,
uma folha comestível. Possivelmente
Colocasia gigantea (Leucocasia gigantea).
Cuidado na sua identificação.
Foto: Lúcio Tamino

Parece inhame mas é couve-chinesa,
uma folha comestível. Possivelmente
Colocasia gigantea (Leucocasia gigantea).
Cuidado na sua identificação.
Foto: Lúcio Tamino
Colocasia gigantea em cultivo em MG,
chamada de "taioba-couve".
Foto cedida por Marquinhos Biggs.
Se não tiver certeza, não consuma. Nem sirva pras visitas. Melhor ficar na dúvida, certo?

Taioba, modo de preparo:
  1. Ferva água, adicione as folhas picadas ou inteiras.
  2. Aguarde 1minuto e remova as folhas.
  3. Descarte a água.
  4. A taioba está pronta para ser refogada e usada em várias receitas.
Caso vá consumir os talos, cozinhe por 3 minutos e escorra. O calor inativa substâncias tóxicas, e os cristais de oxalato ficam na água.

57 comentários:

  1. muito instrutivo GUILHERME gostei do palpiteiro em tempo integral....também penso assim...hehehehehehehehehehe....

    ResponderExcluir
  2. A do talo roxo é o que? A figura n• 1

    ResponderExcluir
  3. Olá Marcelo, é a Xanthosoma violacea. Abraços!

    ResponderExcluir
  4. BOAS DICAS, SEMPRE DEGUSTO TAIOBAS, MAS É MINHA MÃE QUE PREPARA, AGORA JÁ APRENDI A IDENTIFICAR, TAIOBA AQUI ONDE MORO É MATO, TEM A VONTADE 1

    ResponderExcluir
  5. sinceramente a tua explicação é muito inteligente. fiquei estudando isso por vários dias até que hoje compreendi. meu nome é KUNZIKA JULIÃO. ANGOLA DE LUANDA. DEUS VOS ABENÇOA MUITO.

    ResponderExcluir
  6. EU SOU JARDINEIRO DE PROFISSÃO. TENHO TAIOBA NA MINHA CASA NA MINHA HORTA.

    ResponderExcluir
  7. Reconheci a verdadeira antes de ler a explicação hahahaha. Adoooro taioba. Só uma coisa: aqui no interior de Minas come-se a roxa também. Eu não aprecio, sinto que coça realmente a boca e a garganta, mas é muito leve a variedade que há por aqui!. Mas meus pais consomem em menor quantidade.

    ResponderExcluir
  8. Tenho uma aqui em casa que tem o talo roxo, a linha interna e so se une com o talo, ai sempre fico na duvida se é comestível ou não, lembra a foto nº 1, so que tem a linha interna......e ai?posso ou não comer?? rsrs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Heloísa, evite os com qualquer parte arroxeada. O "inhame" talvez seja comestível! Beijo

      Excluir
  9. Na ausência de uma verdurinha é muito bom,mas sómente consumir com certesa.

    ResponderExcluir
  10. Na ausência de uma verdurinha é muito bom,mas sómente consumir com certesa.

    ResponderExcluir
  11. Muito boa sua explicação. Divulguei no meu Facebook, pois estes dias me pediram para colher na horta da escola e eu achei que a taioba era um antúrio.

    ResponderExcluir
  12. Muito boa sua explicação. Divulguei no meu Facebook, pois estes dias me pediram para colher na horta da escola e eu achei que a taioba era um antúrio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahh, isso acontece muito. Já vi gente comendo caládio, antúrio, singônio e outras plantas ornamentais venenosíssimas, afinal, as folhas são parecidas. A natureza é cheia de nuances que para nós, que não somos especialistas, tornam-se pegadinhas!

      Excluir
  13. Parabéns, ótima explicação, há muito tempo existia um pé dessa planta no quintal de minha casa no Maranhão e meu irmão sempre fazia um refogado daqueles, nota 10. Atualmente moro no interior estado de São Paulo e nunca vi essa planta por aqui, porém visitando um amigo em um sitio vi uma planta parecida com taioba, más fiquei na dúvida se realmente era, agora depois de ler essa excelente explicação voltarei ao sítio pra ver se realmente a planta é taioba. Vlw, abç!

    ResponderExcluir
  14. Nasci no interior do ES e lá a taioba é uma verdura muito apreciada. Mudamos para Brasília e minha mãe sempre cultivou essa planta no quintal. Agora, morando no interior de SC descobri que há uma enome quantidade de taioba por aqui só que as pessoas daqui não conhecem. Estava em dúvida se era mesmo taioba e sua explicação me ajudou muito! Agora vou comer taioba à vontade pois adoro!

    ResponderExcluir
  15. Nasci no interior do ES e lá a taioba é uma verdura muito apreciada. Mudamos para Brasília e minha mãe sempre cultivou essa planta no quintal. Agora, morando no interior de SC descobri que há uma enome quantidade de taioba por aqui só que as pessoas daqui não conhecem. Estava em dúvida se era mesmo taioba e sua explicação me ajudou muito! Agora vou comer taioba à vontade pois adoro!

    ResponderExcluir
  16. Voces indicam a taioba do talo roxo como não comestivel, mas a foto no indice sobre a taioba comestivel é exatamente a do talo roxo. Algo esta errado, ou a informação ou a foto do indice. Tenhoa taioba do talo roxo em casa e já comi algumas vezes e com essa informação de voces fiquei um tanto encucado e confuso com as fotos.

    ResponderExcluir
  17. Voces indicam a taioba do talo roxo como não comestivel, mas a foto no indice sobre a taioba comestivel é exatamente a do talo roxo. Algo esta errado, ou a informação ou a foto do indice. Tenhoa taioba do talo roxo em casa e já comi algumas vezes e com essa informação de voces fiquei um tanto encucado e confuso com as fotos.

    ResponderExcluir
  18. Guilherme,
    Qual é a planta número 03? Ela não parece taioba, mas atende a todos os requisitos, não?
    Ganhei um tubérculo, plantei acreditando que era taioba e as folhas têm as características corretas. Mas não "apontam para baixo". Pode ser outra coisa?
    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. tá escrito no texto abaixo das fotos, é a taioba de talo roxo, não é comestível

      Excluir
  19. Quando ferve o oxalato se degrada completamente?
    Porque é um perigo para os rins, assim como acontece com a carambola que pode até matar.

    ResponderExcluir
  20. Quando ferve o oxalato se degrada completamente?
    Porque é um perigo para os rins, assim como acontece com a carambola que pode até matar.

    ResponderExcluir
  21. Alguém sabe o nome da planta da primeira foto?

    ResponderExcluir
  22. Nossa perto de casa beirando um muro tem a falsa taioba da figura 2 quase colhi esses dias para comer. Esse detalhe da borda é importante nunca havia reparado. obrigado

    ResponderExcluir
  23. Obrigado Guilherme, muito boa a explicação! Comprei o livro do Kinupp de PANCs, e tenho ouvido falar muito da taioba. Apesar de ter uma boa fonte de informação nas mãos, até hoje não havia encontrado nenhuma explicação tão didática quanto a sua para a identificação da planta. Obrigado!

    ResponderExcluir
  24. Oi Guilherme! Qual o fundamento sobre a afirmação que folhas de sol da taioba podem ser mais tóxicas que a de sombra? Nunca ouvi falar disso é inclusive minha mãe não tem esse critério quando vai cozinhar. Sou estudante de biologia e estou fazendo um projeto de anatomia sobre a taioba então isso poderia ser uma ideia. Obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, não encontrei literatura sobre isso é mais uma informação empírica minha e de alguns agricultores que me recomendaram - as colhidas no sol realmente precisam cozinhar mais para perder a pinicância - suponho que algo similar à produção de metabólitos secundários em aromáticas e medicinais cultivadas à pleno sol. Mas vale lembrar que dentro da espécie há exemplares com mais ou menos oxalato. Todas aqui de casa são clonais da mesma matriz, por isso acredito que seja de fato o sol fator de influência ou pela ressecação das folha ou pela radiação mesmo - estão no mesmo solo e recebem o mesmo teor de água. Um abraço!

      Excluir
  25. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  26. Dúvida, confundi a Alocasia macrorrhiza com o inhame, descasquei o rizoma, fatiei e deixei cozinhar. Deixei por bastante tempo a água secou, enxaguei e coloquei mais água e levei ao fogo para ferver, ficou fervendo por mais 2 minutos, enxaguei em água corrente fria e escorri.
    Coloquei apenas uma migalha na boca, tipo um grão de arroz. Minha garganta ficou áspera, logo após a ponta da língua ficou pinicante, os labios dormentes, uma sensação horrível, se tivesse dado uma generosa mordida acho que teria um fechamento da garganta...
    Você colocou ela como comestível se cozido assim como o inhame, gostaria de saber se você já comeu essa planta e qual a reação que você sentiu?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carlos, talvez seja preciso cozinhar mais. Já vi em algumas fontes que consta como comestível, mas não explicam qual é o procedimento. É o problema dessas grandes listagens de plantas comestíveis :/

      Excluir
  27. Tenho certeza que a segunda foto não é de folhas de inhame. As folhas de inhame e taioba se confundem, sendo a diferença a cor do talo ao alcançar a folha. https://www.google.com.br/imgres?imgurl=http%3A%2F%2Fi789.photobucket.com%2Falbums%2Fyy172%2Fananavi%2FSAM_0763.jpg&imgrefurl=http%3A%2F%2Fwww.infocruzeiros.com%2Fforum%2F28-vai-um-cafe-e%2F11164-vai-um-cafe-e-recantos-e-flores-do-nosso-jardim%3Flimit%3D10%26start%3D70&docid=QvICSSpcUig5zM&tbnid=av9etUbnn2LszM%3A&w=1024&h=768&bih=662&biw=1366&ved=0ahUKEwjPycfpjqnPAhUFGJAKHQQFA3gQMwghKAMwAw&iact=mrc&uact=8

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, é inhame. Amplie a imagem para ver o detalhe.

      Excluir
  28. A Taioba tem um bulbo grande ? Achei uma aqui num parque e está de acordo com a descrição , pára ter mais um ponto de confirmação .... aproveitando como se multiplica ? Obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem sim, pode chegar a alguns kilos depois de velha. Ela se multiplica pelas brotações laterais que surgem na planta adulta.

      Excluir
  29. Guilherme, pode ser que tenha algumas taiobas que deixem serto picor na lingua?, pois moro em uma ilha perto de Angra dos Reis e o povo e bem acostumado com a taioba, mesmo assim tem preferencia por taioba de tal canto pois a do corrego da dona fulana deixa picor e tal, ai eu peguei uns bulbos daquela picona e realmente deixan esse picor muito leve, mesmo que plantei em outro canto.Da para comer perfeitamente e gostossa mais fica uma sensacao na lingua....

    ResponderExcluir
  30. Pois é pessoal 😡 caí novo conto do vigário...Está semana comprei 2 molhos de taioba .... Nem reparei... Também nem imaginei que uma banca de verduras iria vender taioba falsa...Amo o sabor da taioba...Mas quando refoguei não tinha sabor de taioba 😒 ainda bem que ninguém passou mal e não era nenhum tóxica...agora depois de ler esta matéria sei identificar com certeza a verdadeira taioba...

    ResponderExcluir
  31. Olha só, tenho taioba em casa a muito anos, ejá passei um perrengue no meio do mato por apenas experimentar um pequeno pedaço.
    Existe um detalhe, essas substâncias q causam irritação na boca, tbm esta presente na taioba, porém, numa concentração bem menor, mas tenho notado q conforme as folhas ficam mais velhas (amarelas) parece q essa concentração aumenta, já tentei comer folhas mais amareladas, impossível, não tão grave quanto as outras plantas, mas ainda irrita. Sendo assim, aconselho a ninguém colher essas plantas no mato, peguem somente de quem já cultive e colha sempre as folhas mais frescas, dessa forma vc vai adorar essa linda planta

    ResponderExcluir
  32. Olá Guilherme,
    A Tayoba é praga aqui na minha horta, tem o ano todo, mas nas chuvas ela multiplica.
    Queria saber como é o processo para o consumo do bulbo dela, se tem oxalato também ou se pode ser consumido cru.
    Obrigado.

    ResponderExcluir
  33. Adorei a explicação sobre a taioba e outras matérias do site. Já entrou pra lista de favoritos! Parabéns pelo trabalho

    ResponderExcluir
  34. Guilherme taioba e o taro havaiano são a mesma planta? Vc sabe como faço aquele purê roxinho q eles usam como acompanhamento e chips da batata? Amo tanto esse taro é só como no Hawaii, seria o máximo fazer aqui!
    Atenciosamente, Carla

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carla, não sei dizer, vou investigar e te conto. Mas é possível sim, mas que não seja a taioba. Na Liberdade (SP) ele é vendido sob o nome de inhame chines ou inhame roxo.

      Excluir
  35. Alguns e-mail pra eu te enviar algumas foto pra tirar as minhas duvidas não to sabendo diferenciar...

    ResponderExcluir
  36. Informações valiosas aqui no quintal tenho taioba opôs essa postagem pude identificar que é a verdadeira agora posso consumir sem medo é comer o inhame muito obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom, consuma sim porque é muito gostosa!

      Excluir
  37. Nossa!!! Que bom ver isso.... tentei comer domingo e hoje é terça ainda a boca arde. kkkkk Terei que procurar um antialérgico e ver se passa. Isso que só coloquei na boca e ardeu muito. Imagina se tivesse engolido. Pelas explicações é a verdadeira mas estava no sol.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tentou comer cura ou cozida? Taioba, mesmo a correta, é perigosa no sol. Espero que tenha melhorado. Um abs

      Excluir
  38. Estou muito confusa. Meu marido comprou, pois sabe que eu gosto muito, mas achei estranha as folhas. Eram verdes os talos, porém as bordas perto do talo se uniam acima do talo, como no inhame, mas não tinha nenhum sinal roxo. O que será? Posso consumir segura?

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...