Páginas

segunda-feira, 10 de outubro de 2016

Galanga e lírio-do-brejo

Quem, assim como eu, tem faniquito com cozinha, já deve ter se deparado com receitas cujos ingredientes são bem difíceis de serem encontrados. A cozinha asiática pede diversos ingredientes que não encontramos com facilidade por aqui. A galanga (Alpinia galanga) é um deles.

Para quem nunca ouviu falar, trata-se de um parente do gengibre muito usado na culinária tailandesa, e por vezes e em alguns pratos indonésios. Ela também é parente da cúrcuma, do gengibre e do cardamomo. Eta família perfumada!

Galanga recém colhida.
O sabor é característico e não parece nada que estamos acostumado. É picante, adocicado e levemente canforado. Aliás, é bem mais picante que o gengibre, sendo quase tão ardida quanto uma pimenta. Mas um ardido diferente, talvez mais pungente que ardido. Por ser super fibrosa, é usada ralada ou cozida em pedaços e depois removida na hora de servir, igual canela em pau. 

flores da galanga. comestíveis, mas muito ardidas.

flores do lírio-do-brejo. os rizomas idênticos ao da galanga.
Parecida com ela temos o lírio-do-brejo, que é abundante e deveria ser usado mais vezes na cozinha. O sabor não é igual, mas é parecido, sem a picância. Para usar o lírio do brejo, evite os brotos e remova a pele - são partes que possuem oxalato. Assim, dá para substituir a galanga pelo lírio-do-brejo sem problemas. Não tem mais razão para não testar aquela receita tailandesa, indonésia ou vietnamita perdida na barra de favoritos!

A minha muda é filha da Neide Rigo, que me foi dada há muitos anos mas estava em um local inapropriado, por isso crescia à míngua. Próxima dos canteiros irrigados de verdura, tem crescido a olhos vistos, e por isso, esse ano, me dei o presente de colher um pouco para um prato típico: a sopa de galanga, ou Tom Kha.

Muda em flor na casa da Neide, uns três anos atrás.

Folhas de lima, galanga e capim-limão.
O sabor forte dessa raiz oriental dela dá o fundo do prato, por onde vão aparecer sabores cítricos, porém sem acidez: folha de limoeiro (o ideal são folhas de lima kafir, que lembram um tanto a citronela, mas limão também vale), erva cidreira (sim, também chamada de capim limão), coentro e muito alho. Existem muitas receitas, e a minha é uma adaptação vegetariana - o original leva frango, peixe ou camarão.

Sopa Tom Kha (Vegetariana e PANC)

4 dentes de alho esmagados
5 talos de erva cidreira (miolo macio separado das partes mais duras)
5 folhas de lima kafir ou limoeiro sem a nervura central
um pedaço de dua polegadas de lírio do brejo ou galanga
2 colheres de sopa de raiz de coentro
2 cebolas médias picadas
4 colheres de sopa de folhas
500 ml de leite de coco grosso (eu fiz o meu próprio, batendo o fruto seco com água fervente)
2 cebolas grandes cortadas em 4
5 pimentas cambuci
4 cenouras cortadas em meia-lua
2 abobrinhas grandes cortadas em meia-lua grossa
2 xícaras de proteína de soja graúda lavada e hidrata (poderia ser  frango, tofu, palmito, jaca verde, etc)
5 colheres de sopa de coentro picado finadinho para guarnecer
5 colheres de sopa de centella asiática cortada finamente
pimenta malagueta sem sementes em rodelas
sal a gosto

Preparo: processe os seis primeiros ingredientes (da erva cidreira, apenas o miolo do talo) até obter uma pasta. Coloque em uma panela juntamente com o leite de coco, o sal, as pimentas, a proteína e as cenouras. Coloque também os talos fibrosos da erva cidreira, que serão descartados depois. Cubra com água, acrescente a cenoura, a cebola graúda e cozinhe em fogo baixo por 25 minutos. Assim que a cenoura estiver tenra, adicione a abobrinha e cozinhe mais 5 minutos, em fogo baixíssimo. Acerte o sal, finalize com o coentro picado, a centella asiática e sirva quente com arroz branco.

Foto péssima, mas ficou delicioso!

25 comentários:

  1. guilherme, parabéns, seu site é incrível!

    você saberia me informar onde consigo mudas de galanga aqui no brasil?

    revirei a internet e não encontrei...

    muito obrigado!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Pedro, obrigado! A minha foi ganhada, então não sei onde possa comprar. No que vem devo ter mudas disponíveis à venda. Abraços

      Excluir
    2. joia, tenho interesse! quando tiver disponível me chama aqui?? muito obrigado!

      Excluir
    3. Também tenho interesse em comprar a muda, assim que estiver disponível vou comprar.

      Excluir
    4. Tenho planta galanga ... Caso alguém interesse

      Excluir
    5. Oi Elaine, Tenho interesse. Vc pode me enviar um email: aguc01@yahoo.com.

      Excluir
    6. Oi Elaine, eu tenho interesse também! Meu e-mail michellesmelo@gmail.com

      Excluir
    7. Oi Eliane tenho interesse em galanga. Email abraoneto@gmail.com

      Excluir
    8. oi Elane , ainda tem muda de galanga? Tenho interesse. E mail vanjabpsantos@gmail.com

      Excluir
    9. Ola Eliane, Olá Guilherme, voce ainda tem muda de galanga? Estou desesperada atras de uma. email carolcastro.psi@gmail.com

      Excluir
  2. Guilherme lembro de ter visto em algum programa de tv uma planta do brejo que o cara simplismente tira da água, descasca a parte de baixo e começa comer. Parte comestivel é branca e rica em carboidratos, vc sabe que planta é essa? Se souber poderia fazer um post sobre.

    ResponderExcluir
  3. Olá, bom dia! Tenho procurado há bastante tempo muda de galangal, mas é muito difícil de se encontrar por aqui. Você teria alguma muda disponível para venda? Obrigado e parabéns pelo site!

    ResponderExcluir
  4. Eu Rosilda também tenho interesse em comprar a muda meu g mail Rosildavix@gmail.com

    ResponderExcluir
  5. Eu também estou louca atrás de uma muda de galanga. Se você tiver disponível, por favor me avisa? Obrigada. (michellesmelo@gmail.com)

    ResponderExcluir
  6. Daniel Lopes
    Olá. Eu sou outro que já revirou sites procurando por tal planta. Também tenho interesse em adquirir mudas, quando disponíveis. (daniellopes.rp@gmail.com)

    ResponderExcluir
  7. Boa noite Guilherme. Se tiver mudas para vender, me dá um grito, por favor?

    ResponderExcluir
  8. Olá, lido com estas na gastronomia com algumas plantas dessas, a do lírio branco ou do brejo faça alguns pratos; planto açafrão e gengibre, faço vinagres e pasta de algumas delas. Gostaria de fazer intercambios com alguem desta área...cocais@pousadadascores.com.br Everton/31 99955-4790....

    ResponderExcluir
  9. Olá Guilherme! Eu nunca consigo achar o capim limao com uma base dura o sufficiente de usar , é sempre muito verde e mesmo grande nao endurece e fica um pedaco solido na base- ele se desfaz em rodelas e o gosto nao é intenso como conheco o capim limao tailandes! Voce acha que isso é uma questao da hora da colheita, ou uma questao mais genetica ou climatica? Como ficam as suas? voce comegue uma base dura e fibrosa no seu capim limao?

    ResponderExcluir
  10. Se acha com facilidade na região de Rio grande da Serra e Paranapiacaba.

    ResponderExcluir
  11. Eu também gosto de fugir do trivial brasileiro. Nossa cozinha é excelente, mas repetitiva, não tem a diversificação da asiática, por exemplo. Mas uma coisa me incomoda - a quantidade de raízes, temperos, pimentas, etc., que eles utilizam em um só prato. Tenho a impressão que no final tem gosto de tudo, menos da proteína utilizada. O ápice no quesito é a cozinha indiana. Mas, gosto é gosto. Aprecio experimentar, mas sempre levando em conta que menos é mais. E eu tbm havia percebido a semelhança de forma entre a Galanga e o lírio do brejo. Foi assim que cheguei aqui. rere

    ResponderExcluir
  12. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  13. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  14. Eu também estou interessado em comprar mudas de galangal hisashi.imafuku@gmail.com

    ResponderExcluir
  15. Tenho interesse na muda de galanga.polianecristini@Hotmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Comprei no safári garden legítima galanga no mercado livre o vendedor me enganou era gengibre do brejo safári você pode confiar fala pelo ZAP ele5 são atenciosos

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...