Páginas

terça-feira, 3 de novembro de 2015

Para agricultores ansiosos: Germinações rápidas?

Sempre fui uma pessoa ansiosa, o que pode ser um defeito enorme para quem cuida de plantas. O ápice do meu auto-controle foi quando me encantei por cactos e suculentas, que crescem muito, mas muito lentamente. A maior parte dos meus cactos não cresce mais que 0,5cm por ano, e algumas suculentas não passam de 5cm por ano. Então, dá a impressão de que eles não crescem nunca, porque as variações demoram muito pra acontecer. Mas vendo fotos delas de 2 ou 3 anos atrás, dá pra sentir diferença, sim.

Outras plantas já crescem maravilhosamente rápido, como as plantas da família do repolho e do rabanate, as brassicáceas. Os rabanetes podem ser colhidos em poucas semanas, porque crescem espantosamente rápido. Se você tem preguiça de começar uma horta, comece por rabanates - os resultados são estimulantes!

Dentre as plantas de crescimento rápido, temos a mostarda, que vira um arbusto enorme em poucas semanas. O coentro cresce rápido na época da floração, a rúcula forma touceiras rapidinho. Dos feijões, então, é assustador. O feijão de lima (ou fava) e o feijão escarlate (ou feijão da espanha) chegam a crescer mais 5cm por dia até chegarem a idade adulta. Faça as contas, em uma semana eles crescem mais de um palmo.

O cará-moela chega a crescer dois palmos por semana, assim como o caruru-do-reino em época de crescimento. Outro recordista na horta é o feijão orelha-de-padre, que passa as primeiras semanas lento, depois espicha e ramifica com facilidade.

A germinação pode ser muito rápida ou muito lenta, dependendo da espécie (consideraremos germinação até o momento em que aparecem as primeiras folhas). Das sementes, os feijões são recordistas na germinação: não é a toa que são brinquedo de criança, feijão-no-algodão. Germinam em dois dias. A maior parte das verduras germina entre 5 e 10 dias: alface, rúcula, escarola, almeirão, acelga, repolho. As apiáceas, a saber: cenoura, salsinha, coentro e cominho, demoram um pouco mais - sua germinação pode chegar a 20 dias. 

Algumas plantas, contudo, podem ter sua germinação acelerada. Para isso, precisamos entender: o que é germinação. Germinação é quando a semente, que estava adormecida, é hidratada e tem sua atividade metabólica "ativada". Ela absorve água, um processo chamado de "embebição", onde ocorrem uma série de reações químicas através de enzimas e hormônios. Sim, tudo isso acontece dentro de uma semente, desde um pequeno gergelim até o caroço do abacate!

Algumas sementes possuem capacidade natural de reforçar a embebição, como as sementes da família do alecrim: sálvia, shissô, alfazema, manjericão, mentas, poejo. Todas elas ao entrar em contato com a água desenvolvem uma membrana feita de gel que "segura a hidratação". Por essa mesma razão, são sementes que toleram ser plantadas sem serem enterradas, só apertadas contra a superfície. Aliás, especialmente para o manjericão, faça o teste: sementes não enterradas germinam melhor. No caso, a semente do manjericão precisa receber luz pra germinar. As do alface, pelo contrário, só germinam em completa escuridão.

Como acelerar esse processo? No solo, as vezes a umidade é baixa, então a semente demora para hidratar. Como vimos que é a água que "desperta" a semente, a mais simples água pode ser usada. Deixe as sementes de molho até que inchem. Isso fica bem visível com os feijões e as ervilhas - pode levar de 2 a 12 horas. É uma técnica especialmente boa para sementes duras. Como saber se a semente é dura? Tente quebrá-la no dente. Se ela se parte com facilidade, não necessita de hidratação. Se ela não se parte com facilidade, deixa de molho pode ajudar a acelerar os resultados.


Olha só como os feijões orelha de padre hidrataram rápido!

Diferença entre um feijão plantado com embebição e sem embebição. A germinação em geral demora de 6 a 12 dias sem embebição. Com embebição, no quarto dia a semente já está saindo da terra! As sementes que gostam de ficar na água para brotarem mais rápido: feijões, ervilhas, lentilhas, grãos de bico, guandu, bertalha, jacatupé, moringa, feno grego, girassol, crotalária, mostarda, repolho...

Dica: não espere a semente germinar de fato, porque a raiz é muito delicada e não deve ser manuseada. A semente inchada já é suficiente pra ir para a terra.

No jardim e na horta, algumas raízes podem ser hidratadas antes de ir pra terra. Das flores, os bulbos de dahlia brotam rápido apos passar algumas horas na água. Isso vale para tupinambos, cúrcuma, cará-moela, gengibre, alho, cebola, bertalha ou qualquer outro bulbo, batata ou rizoma que esteja ressecado ou murcho por ter passado muito tempo longe da terra. Depois, só plantar!

Espero que ajude, pelo menos na germinação, os hortelões, jardineiros e agricultores que são tão ansiosos quanto eu!

2 comentários:

  1. Descobri as PANCS ontem, fiz uma composteira e vou iniciar minha horta selvagem! Estou muito animada e seu site está me ajudando bastante! Obrigada!

    ResponderExcluir
  2. Bacana excelentes dicas!! mexer com a terra é um imenso prazer.
    valeu, obrigado

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...