Páginas

terça-feira, 24 de abril de 2018

Espinafre-amazônico, orelha-de-macaco, brazilian spinach, sissoo spinach


Espinafre-amazônico cultivado na sombra

Já sentiu o lábio formigando e o céu da boca coçando depois de uma salada de espinafre ou de comê-lo mal-cozido? São os primeiros sintomas de uma irritação ou intolerância leve ao espinafre. No senso comum, chamamos de espinafre todas as hortaliças que devem ser preferencialmente cozidas e que tenham um sabor que lembre o espinafre. Sim, os espinafres (são muitos) devem ser sempre cozidos antes do consumo, por conterem taninos, nitratos, oxalatos... Deve ser evitado seu consumo cru ou em sucos sempre que possível.

Em inglês, temos uma série de plantas chamadas de espinafre (algumas delas exigindo looongo cozimento), como:
- o espinafre-de-árvore, ou chaya (Cnidoscolus aconitifolius)
- a celósia ou crista-de-galo ou espinafre-africano (Celosia argentea)
- o espinafre-japonês ou espinafre-de-okinawa (Gynura bicolor)
- o espinafre-malabar ou bertalha (Basella alba)

Aqui no Brasil temos dois tipos comerciais de espinafre: o espinafre-da-nova-zelândia (Tetragonia tetragonioides), que é uma suculenta comestível, rasteira, de caules grossos e folhas levemente ásperas, e o espinafre-verdadeiro, aquele do Popeye (Spinacia oleracea), que forma pequenas touceiras e visualmente se parece muito mais com um almeirão ou uma rúcula. Esse último, muito raro em cultivo, então é possível que você nunca tenha comido o espinafre-verdadeiro.

Spinacia oleracea, espinafre verdadeiro.

Tetragonia tetragonioides, espinafre-da-nova-zelândia
Fora do Brasil, existe uma planta chamada de espinafre-brasileiro, ou brazilian spinach. Mas qual será esse espinafre? Nos artigos (até mesmo científicos), aparece o nome de Alternanthera sissoo, porém, em nenhum lugar esse nome foi formalmente descrito como sendo oficial. O mais próximo que temos disso é a pista de que seja um cultivar de Alternanthera sessilis, possivelmente oriundo da região amazônica, mas de cultivo amplo na Australia e na Nova Zelândia (procure no google para receitas infinitas).

Porque será que ele é conhecido fora do Brasil e por aqui, desconhecido? Será que na Nova Zelândia eles comem o espinafre-da-nova-zelândia, ou o brazilian spinach? Se procurar em português por orelha-de-macaco ou espinafre-amazônico, quase não vem resultados úteis. Mas procurando em inglês... 

Resultado para "brazilian spinach"
Cultivo

O espinafre-amazônico é uma planta de fácil cultivo, crescimento muito rápido e se destaca por crescer bem mesmo em ambientes muito úmidos e sombreados. Sua reprodução é por estacas de caule, pequenas, que enraízam muito facilmente (desde que haja umidade). Percebemos aqui que o grau de sol e de umidade do ar que a planta recebe vai influenciar no tamanho das folhas e no seu sabor. Em solos mais secos e em ambientes ensolarados, as folhas ficam menores, a planta fica bem rasteira, um tanto fibrosa e amarga. Quando cultivada na sombra e em locais mais úmidos, as folhas ficam maiores, mais macias e a planta fica mais alta. Deve ser podado ou refeito o canteiro, porque  plantas velhas tendem a perder o vigor com o passar do tempo.

em cultivo na sombra, mudas com 1 mês de vida
em cultivo a pleno sol
Variedades

Existem variedades de folhas mais ou menos "amassadas" ou enroladas. Esse é o charme dessa planta, que por causa da sua cara de "amassada" faz sucesso como ornamental, como forração de jardins. Aparentemente, esse é um cultivar - a planta na forma silvestre produz mais sementes e tem as folhas lisas, sendo um bocado diferente. A denominação dessa planta ainda não foi bem resolvida, mas ela é consumida há bastante tempo no Brasil e fora dele, então acredita-se ser de uso seguro (em geral, a família das amarantáceas tem folhas comestíveis após cozimento). 

Preparo

Para preparar, destaque as folhas e ferva de 1 a 3 minutos, depois use na sua receita de preferência. Ele possui um pouco de oxalatos e possivelmente taninos, que são removidos no cozimento. A textura é mais firme e a cor mais resistente do que o espinafre-da-nova-zelândia. Também não tem baba.

folhas "amassadas" e brilhantes, mas claras
na parte de baixo.

variedade de folhas mais compridas, sabor igual.
Esse é um claro exemplo de planta maravilhosa que fora do Brasil já aprenderam a aproveitar, pela sua resistência, produtividade e sabor, mas que grande parte de nós ainda não conhecemos.  Espero em breve vê-lo nos mercados. Há alguns vídeos sobre (para você ver a beleza que é essa planta):


2 comentários:

  1. 😍😍😍😍😍😍😍😍 Estou feliz da vida! Encontrei uma árvore de uva japonesa aqui do ladinho de casa! Ela sempre esteve ali mas eu não sabia o que era, muito menos que era comestível. Obrigada amo vocês! POLYANA - Itajaí Santa Catarina.

    ResponderExcluir
  2. Comprei do espinafre na NZ, não nasce de jeito nenhum :( queria encontrar esse do Brasil!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...