Páginas

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

Bertalha-coração na sua janela

Ou no caso, na minha janela. No final do ano passado, coloquei uma batata de bertalha-coração para germinar num vaso aqui na minha varanda. Como ela não é muito exigente em relação a luz - na realidade, ela prefere sombra, é uma boa forma de produzir alimento em casa em pouco espaço.

Vale lembrar que essa bertalha é a bertalha-coração, ou caruru-do-reino, ou bertalha-manteiga, ou bertalha-batateira, ou outra porção de nomes populares, e de nome Anredera cordifolia. Parente das bertalhas mais famosas, especialmente no Rio de Janeiro. A diferença? Essa bertalha-coração cresce mais, mais rápido, resiste melhor à seca e produz batatas e mais folhas, embora menores. Para mais detalhes, leia essa postagem aqui.

No meu caso, foi plantada na varanda, mas poderia ser numa floreira numa janela qualquer. Ela se espalha, mas sempre para cima - aproveitando paredes, telas, janelas e treliças e maximizando o uso do espaço. É preciso ficar de olho e realizar podas frequentes, porque é uma planta de crescimento muito rápido. Não acredita? Eu medi. Cresce entre 4 e 6 centímetros POR DIA. Isso mesmo. Se você passa uma semana fora, ela toma conta de tudo. Talvez ela cresça mais ainda, se você colocar água e nutrientes suficientes.

25/01
03/02
10/02
15/02
23/02

Na minha varanda, estou aproveitando uma parede que era subutilizada, ficava com minha coleção de bromélias e algumas orquídeas e suculentas de sombra. A bertalha subiu, e conduzi por um fio que coloquei no beiral do teto, para que ela forme uma cortina vegetal.

A bertalha é uma planta trepadeira, muito ramificada, de crescimento rápido e muito rústica. Cada galho se ramifica em outros muitos, e assim por diante, formando uma verdadeira renda vegetal, com tramas complexas, se agarrando a tudo que há pela frente.


15/02, véspera de carnaval. Alguns brotos surgindo.
22/05, alguns dias depois, ramas dominado a área,
enroladas até no suporte de um vaso.
As batatas acontecem dentro ou fora da terra. Dentro da terra, maiores e densas, de casca preta e polpa branca, levemente fibrosas, com gosto suave e meio aguado, como o chuchu. Porém, fritas são uma iguaria, cortadas bem fininho e descascadas. Fora da terra, batatinhas esverdeadas, disformes, de sabor suave e que não precisam ser descascadas. A minha bertalha ainda não deu essas batatinhas - se formam o ano todo, mas são maiores e melhores nos meses mais secos.

Batata subterrânea: ótimo tamanho
Raízes subterrâneas: nasce até no meio do entulho.

As folhas são macias e cremosas, com sabor entre espinafre e beterraba. Soltam um pouco de baba se forem preparadas errado - precisam de limão, tomate ou algo ácido para torar a baba. Ficam bem gostosas no caldo verde, na sopa, cozidas no arroz. Nutritivas e abundantes, entram no suco verde, na massa de bolo, de pão, de panqueca....

As flores são lindas e perfumadas, e as abelhas adoram. Elas aparecem umas 4 vezes por ano, dependendo do clima, cobrindo a planta de ramos brancos que duram até 3 semanas. É um espetáculo tão lindo que ela é considerada ornamental - consta no livro Plantas Ornamentais, do Harri Lorenzi.

A flor em detalhe, em Itu.
Muitas, muitas flores.
Gosta de solos úmidos, então é uma boa opção para aquele monte de água de lavagem de verduras que você está com dó de jogar fora.

Fique de olho pela cidade, você encontra batatinhas dela com facilidade - basta localizar uma planta. Ou comprar mudas pela internet. Ou trocar com amigos. Só lembre-se de que ela é uma trepadeira e que gosta de bastante espaço. Eu acho que ela vai bem até dentro de casa, crescendo em volta de uma janela. Deve ficar lindíssimo, embora acho que não dê muitas flores.

O solo é melhor se for bem drenado, rico em matéria orgânica e que não acumule água. Escolha um vaso bem grande, porque depois será difícil fazer o transplante. Comecei a colocar composto feito em casa (na composteira com minhocas) e ela está linda-linda.

Se cansar, basta cortar tudo que ela rebrota, porque a batata abaixo da terra continua viva. Se quiser fazer muda, qualquer galho colocado na água enraíza com facilidade. É uma planta assim, oferecida. Só não vá plantar perto de árvores, porque ela pode cobrir e matar a árvore, invadir o telhado do vizinho, derrubar telhas... Nem leve para outras áreas, outros países. Lá, ela se comporta como invasiva e pode matar até florestas, cobrir casas... um perigo. Em inglês, chamada de Madeira Vine, foi abolida dos EUA como inimiga perigosa das matas nativas e da agricultura. Coitada!

Matando árvores, África do Sul. Foto daqui.

A Anredera foi descrita, assim como suas propriedades, na revisão feita por Kinupp, que pode ser encontrada aqui

GUIA DE IDENTIFICAÇÃO
Anredera cordifoliaTrepadeira vigorosa, de forma e tamanho indeterminado, nativa do Brasil. Folhas suculentas, verde-escuro, em forma de coração. Flores brancas, agrupadas em cachos, perfumadas, cada uma com 5 pétalas. Bulbilhos aéreos e subterrâneos ajudam a determinar essa espécie como diferencial. 

LOCAL DE OCORRÊNCIA
Prefere locais sombreados, úmidos e férteis, embora nasça em qualquer lugar que não seja demasiado seco. Pioneira, ruderal, nasce em orlas de mata e beiras de estrada. Sudeste, centro-oeste e Sul, principalmente. 

MODO DE PREPARAÇÃO
Folhas cruas ou cozidas, batatas aéreas e subterrâneas cozidas, assadas, fritas, transformadas em farinha.




8 comentários:

  1. Olá! Achei seu blog por "acidente, mas estou gostando muito dele. Parabéns =)

    Mas vamos ao assunto da bertalha. Perto de onde eu trabalho há uma "calçada-parque", com árvores e algumas flores decorativas, e vigas que imagino que sejam para quebra-sol e possivelmente colocar plantas trepadeiras para fazer uma sombra melhor. Mas elas não tem as plantas. Será que a bertalha vingaria?
    Gostaria de plantar, mas não lembro de ter visto nenhuma dela por onde passo (prestarei mais atenção), mas caso eu peça você poderia me dar uma muda? Obrigada =)

    ResponderExcluir
  2. Olá Marta, só passar por aqui. Estamos em São Paulo, zona norte. Qualqer coisa, me mande um e-mail. Na calçada ele vai desde que seja solo fértil, pouco sol e boa umidade. Talvez junto a um muro ele vá melhor, por serem ambientes sombreados e com o solo mais úmido.

    abraços

    ResponderExcluir
  3. Boa noite Guilherme!
    Gostei do seu blog. Sempre achei que a natureza nos presenteou com vegetais e frutíferas diversas mas só usamos um numero reduzido e muitas vezes com valor nutritivo menor. Estou interessado em comprar uma muda ou uma batata da bertalha-coração ( arendera cordifolia ). Moro em São Paulo e poderia ir retirar na zona norte.
    Agradeço,
    Antonio Parangaba

    ResponderExcluir
  4. Oi meu nome é Marisilda Nietto, sou mulher do Irvando Nietto, adorei teu blog, gostaria de saber onde encontrar mudas ou batatas dessa em formato de coração, tento cultivar aqui em casa , mas ela não se desenvolve, existe outro tipo? obrigada.

    ResponderExcluir
  5. Boa noite, Guilherme! gostaria de saber se vc teria muda de bertalha pra vender. Faz tempo que estou a procura de uma muda. Estou em Mairiporã/SP e uma vez por semana vou em SP. Obrigada!

    ResponderExcluir
  6. Boa noite, Guilherme! gostaria de saber se vc teria muda de bertalha pra vender. Faz tempo que estou a procura de uma muda. Estou em Mairiporã/SP e uma vez por semana vou em SP. Obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Monica, já conseguiu a muda???
      Caso ñ tenha conseguido entre em contato pelo meu e-mail

      Excluir
  7. Boa noite, Guilherme. Que maravilha! Estou encantada... Minha saudosa mãezinha nas suas idas a Jundiaí, voltou falando muito de uma bertalha, só que, ela não disse que era bertalha-coração, mas eu gostaria imensamente de obter uma batata dessa bertalha. Você poderia indicar-me alguém que tem ela aqui em Campo Grande-MS? Ou, se você quiser enviar-me uma batata via SEDEX é só enviar-me um email com tua conta corrente e valor, que eu depositarei. Obrigada, Angel.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...