Páginas

terça-feira, 24 de março de 2015

Caminhadas PANC - Descobrindo as plantas alimentícias nos parques de SP

Fazia muito tempo que eu estava com essas caminhadas nos planos. Não tinha me organizado o suficiente para encontrar um local para fazê-las, mas descobri que em São Paulo realmente não é preciso procurar muito. Eu estava empolgado, e acho que todos acabamos a trilha feliz e satisfeitos pelas descobertas, que estimulam os sentidos além do paladar. De olhos fechados, há o tato, os aromas, as texturas. Tudo isso nascendo, as vezes espontâneas, às vezes plantadas.

A primeira edição das "Caminhadas PANC" aconteceu nos dias 20 e 21 de março, aqui em São Paulo. Tive a chance de conhecer leitores do blog, reencontrar amigos e conhecer pessoas fantásticas. As caminhadas ocorreram pela manhã, e apesar da previsão de chuva, todos estavam animados e não esmoreceram apesar da garoa.

Como sempre, as PANC surpreendem pelas sua beleza, variedade e versatilidade, e todos tiveram a chance de provar folhas crocantes, ácidas, flores ardidas, doces, folhas anestésicas, perfumadas, lisas, macias, ásperas. Uma hora o paladar se confundia, mas logo aparecia um sabor conhecido - anis, alho, cravo, cogumelo, pepino, e a nossa mente ia pras lembranças de infância, dos matinhos que a gente comia sem saber porque (vai ver é uma sabedoria ancestral inerente a toda criança). E reconhece aquilo que a sempre encontra nascendo no quintal de casa, mas nunca deu bola.

É interessante, e acho que todos concordam, o quanto de coisa comestível que ignoramos, e nasce mesmo num parque tão grande em São Paulo, tão urbana, tão concretada, tão dura. Localizamos quase 60 espécies, e existem mais algumas pra serem comentadas (uma hora chegamos no limite da cognição e da fome e as informações se misturam, por isso parei). 

No segundo dia, a Marcella levou o pequeno dela, o Manu. Eu pessoalmente nunca imaginei uma criança tendo qualquer tipo de animação com uma caminhada técnica/sensorial. Ingenuidade a minha. Pensem numa criança feliz com os insetos, as flores, os cheiros. "Tio, o que é isso? Tio, as árvores são tão grandes! Tio, BORBOLETAS!!! Tio que cheiro boooom! Tio, olha o cacto! O passarinho!" Uma mudança de paradigma, uma mudança de olhar, muda tudo. É impressão minha ou as crianças estão nascendo mais inteligentes e expressivas do que nunca? (e, mea culpa, não tirei nenhuma foto do pequeno, que estava feliz demais pra posar para a foto coletiva).

Fotos dos dois dias, um pouco de tudo. Das plantas, das pessoas. Esses dias me fizeram esquecer o quanto São Paulo sufoca, cansa, oprime, fere, censura. A também cidade brota, cresce, alimenta, nutre. Gratidão :)

Primeiro dia (fotos da Denise Caillean, da Vero Onishi e minhas)

Primeiro dia, muito gostoso!
























Fotos do segundo dia:





Segundo dia! Galera animada!

O Jambu fez efeito!













3 comentários:

  1. Quando vai ser a próxima caminhada PANC? Quero muito participar!

    ResponderExcluir
  2. Qual o nome dessa plantinha, com folha em foma de coração?

    ResponderExcluir
  3. Qual o nome dessa plantinha, com folha em foma de coração?

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...