domingo, 20 de setembro de 2015

Oficina no CCSP e um bolo de amoras frescas


O calor em São Paulo não está fácil esses dias, mas o que esperar do inverno mais quente dos últimos 50 anos? Nesse dia lindo de sol, a horta do CCSP foi o cenário perfeito pra nossa oficina - PANC: biodiversidade na alimentação

Sempre com encontros e reencontros, e volto a repetir, como é bom fazer o que gostamos! Foi uma oficina extremamente prática: realizamos uma volta na horta, para identificação das plantas, voltando o mais rápido possível para a sombra, porque não estava fácil. Entendemos o que é biodiversidade alimentar, como cultivar as PANC, princípios de botânica e a função das plantas ruderais na natureza.

No final da nossa roda, degustação de bolo de inhame, amora e flor de pata de vaca, torta salgada de ora pro nobis, banana da terra e girassol e chá de flores.




Bolo de inhame, amora e flor de pata de vaca (Para um bolo grande. Eu fiz meia receita.)

- 4 xícaras de farinha de trigo
- 2 xícaras de açúcar
- 1 xícarar de inhame finamente ralado
- 2 colheres de fermento em pó
- 1 xícara de óleo
- 2 xícaras e meia de água filtrada
- 3 colheres de sopa de gergelim preto
- 1 xícara de amoras frescas
- 1 xícara de flores de pata de vaca

Preparo:
1. Misture o açúcar e a farinha e reserve.
2. Adicione o óleo, a água e misture delicadamente até homogeneizar. Essa massa precisa ficar um pouco densa, para absorver a umidade das amoras.
3. Adicione o gergelim, o inhame e misture bem. Adicione o fermento.
4. Adicione as amoras e as pétalas da pata de vaca, e misture delicadamente.
5. Coloque a massa em forma untada e enfarinhada e asse em forno 180º em média por 50 minutos, ou até estar no ponto usando o teste do palito (palito sair limpo).

Flores perfumadas de pata de vaca.

A pata de vaca, pra quem não conhece.

Flores limpa e amoras frescas.

Amoras, quanto mais frescas, melhor.
A amora vila geléia, o inhame deixa molhadinho.
Mosaico de frutas

Torta salgada de ora-pro-nobis, cúrcuma e banana da terra

- 1 polegada de cúrcuma fresca ralada ou 1 col sobremesa cheia de cúrcuma em pó
- 2 bananas da terra em cubos (usei assada na brasa, mas pode ser crua)
- 2 copos de folha de ora-pro-nobis em fatias finas
- 3 colheres de sopa de semente de girassol
- 1 cebola em cubos pequenos
- 3 e 1/2 xícaras de farinha de trigo
- 2 colheres (sopa) de fermento químico
- 1 colher (chá) de sal
- 2 xícaras de água
- 2/3 de xícara de óleo


Preparo:
1. Misture a curcuma, o sal, a farinha e reserve.
2. Adicione a água, o óleo e misture até homogeneizar. (Isso pode ser feito no liquidificador, colocando os líquidos primeiro e na sequencia, os ingredientes do passo 1.)
3. Adicione o fermento.
4. Adicione as folhas, a cebola, a banana e o girassol e misture o menos possível.
5. Coloque em uma forma enfarinhada e untada. Decore com folhas de ora-pro-nobis
5. Asse em fogo 180ºC em média por 50 minutos, ou até estar no ponto usando o teste do palito (palito sair limpo).

Torta de ora-pro-nobis, cúrcuma, banana da terra e girassol.
Fatia da torta.

3 comentários:

  1. Olá! A flor da pata-de-vaca pode ser das espécies exóticas também? ou só da nativa?

    ResponderExcluir
  2. Vou experimentar tuas receitas, difícil vai ser encontrar essa flor linda, mas vou tentar ou substituir, caso não consiga a original.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...