Páginas

sábado, 18 de abril de 2015

PANC deliciosa: Monstera, Fruto da Costela-de-Adão


Pra mim, o nome científico diz tudo: Monstera deliciosa. Certamente o botânico que a batizou provou de suas frutas e se encantou. O sabor é um tutti-frutti tropical de sabores como atemoia, maracujá, abacaxi e muitos outros sabores, que só provando pra saber. O perfume dá pra sentir de longe, bem de longe. Deliciosa. Ela tem um nome bem popular: costela-de-adão, pela forma de costela das folhas.

Os frutos, ainda verdes, no Parque do Ibirapuera - SP
A descrição não parece real. Uma planta com folhas em forma de costela, que produz uma berry gigante e verde, que se auto-descasca, com sabor de tutti-frutti, que é venenosa quando verde mas maravilhosa quando madura, além de demorar um ano para amadurecer. Se eu te contar que ela existe, você acredita?

A fruta é verde e parece um espigão de milho gordo, sem-graça. Capaz de você já ter visto centenas delas pela cidade e não ter dado atenção. Essa fruta você não vai achar no mercado, porque é uma PANC de categoria - demora muito tempo pra amadurecer, é frágil e difícil de reconhecer - madura ou verde tem sempre a mesma cara. Fora isso, a costela-de-adão é uma planta venenosa, mas seus frutos são comestíveis, e acho que pouca gente sabe disso.

Ela se descasca sozinha, e a gente vai comendo.

A casca se retrai e vai se partindo em mosaicos.
O que está exposto está maduro e não pinica.

A casca se solta com facilidade.
Quando eu digo que demora para amadurecer, eu falo sério - demora mais de um ano no pé!

No sítio, temos uma costela-de-adão ao lado da casa, e algumas vezes por ano sentimos uma brisa com um forte aroma tropical - eu e minha mãe sempre saímos à caça de onde vem o cheiro, porque a monstera-deliciosa dá poucas vezes por ano e sempre que a encontramos, é um presente. 

Para saber se ela está madura, use o nariz: ela solta um perfume intenso de abacaxi-tutti-frutti. Assim que ela fica perfumada, a casca vai se soltando, expondo a polpa branca, suculenta, salpicada de pontos escuros. Sim, ela se auto-descasca, a casca se dobra para fora, e as pequenas pecinhas que formam o intrincado quebra-cabeça que protege a polpa começam a se soltar. Aí é colher a fruta e esperar que termine de amadurecer em casa, caso contrário, terá que disputá-la com formigas, besouros e vespas. Se cortada no começo da maturação, ela acaba de amadurecer fora do pé.

Cobra, Jacaré, Abacaxi ou Costela-de-Adão?
Mesmo madura, ela passa de verde escuro para verde-claro.
Para pessoas muito sensíveis, ela pode pinicar a boca, mas nada diferente da picância de um espinafre, por exemplo. Porém, só coma a parte em que a casca já está solta, caso contrário, você poderá passar mal! A fruta verde é venenosa igual taioba crua, devido a teores bem altos de oxalato de cálcio, que são destruídos conforme a fruta amadurece por enzimas específicas. Se ela ainda estiver verde, você vai sentir a língua e a garganta pinicarem numa dor intensa e latejante. Vá com calma e coma um pouco por dia - demora uns 4 dias para amadurecer completamente. Para saber se está verde, repare: a casca não se soltou ainda.

A costela-de-adão é uma planta famosa pela forma de suas folhas, recortadas e naturalmente furadas, que deixam qualquer ambiente com aquele aspecto de "tropical". Aliás, esse padrão das folhas é tão famoso que já existe até capinha para celular com ele. Imagine!

As folhas, furadas e recortadas, gigantes.
Para os adictos na fruta da costela-de-adão (monstera),
um souvenir.
O bom é que essa planta está pela cidade inteira, é só ficar de olho na fruta. Se quiser levar pra casa uma muda, basta pegar um pedaço do caule, tirar as folhas e espetar na terra. Ela gosta de subir em árvore, gosta de sombra e adora solos férteis e com boa umidade. Demora pra produzir, mas se você tiver espaço, vale a pena ter esse tesouro das frutas em casa.

Essa fruta é tão boa que não merece ser transformada em bolos, pudins. No máximo, um suco ou sorvete, para não mascarar seu sabor. Mas nada de adicionar outros ingredientes, ela é tão difícil de ser encontrada que merece ser saboreada pura. Aqui em casa, deixo num prato (isolado em cima da uma travessa com água, para afastar formigas) e protegido por um pano. Cada vez que passo na cozinha, pego um pedaço e degusto. Coisa fina, para saborear.




Se ainda estiver com medo de identificar, saiba que algumas plantas da mesma família também tem as frutas comestíveis, mas as folhas são possuem os tão tradicionais furinhos. O Philodendron bipinnatifidum tem as folhas sem furos e seu fruto é comestível, embora muito forte para pessoas sensíveis á sua pinicância. O sabor dele lembra mais banana, e eis seu nome mais comum - banana de macaco, imbé ou guaimbé.. Não fosse pela folhagem, os frutos são idênticos. Mas falarei dele em outra oportunidade, quando tiver os frutos em mãos.


Folhas da Banana-de-Macaco (Philodendron bopinattiphidum)

Fruto da banana de macaco, já descascada.
Essa pinica mais que a fruta da costela de adão.
Foto de Sidney Recco, retirada daqui.



14 comentários:

  1. Comi muitas vezes quando criança... O gosto é realmente incrível, único. É tudo que tu falaste e algo mais! Vale muito a pena experimentar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu ja comi e amei ,e maravilhoso,tem gosto de abacaxi,uma delicia

      Excluir
  2. Uma vez uma vizinha estava comendo e eu perguntei oque era aquilo ela me disse que era banana macaco me ofereceu e eu aceitei era algo gosmento e tinha uns granuladinhos que mastiguei bem de repente começou penicar minha garganta que parecia que tinha agulhas se cruzando lá dentro demorou quase 2 horas para passar a dor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Provavelmente estava verde ou era alguma outra espécie nativa muito rica em oxalato, é bom ficar atento. Abs

      Excluir
  3. Olá amigos!! Sou um biólogo e muitas informações estão certas, gostaria de acrescentar outras: A estrutura que "pinica", "coça, são na verdades pequenas ráfides de cristais que provocam micro cortes em sua boca. Sugiro que vocês peguem esta fruta quando ela ficar de "cabeça pra baixo" no pé e retirar e embrulhar por 3 ou 4 dias em um jornal.Aí sim, estas estruturas não irão te incomodar e irão se deliciar com esta fruta. Observação: estas estruturas são ricas em oxalato de cálcio. e é uma fruta climatérica; ou seja; amadurece fora do pé... Espero ter ajudado!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada,ajudou! Quanto ao post, obrigada também, muito grata, plantei dois pés,e espero saborear um dia!
      bjos

      Excluir
  4. Tenho uma Costela de Adão aqui em meu sítio em Portugal, porém nunca vi nenhum fruto! Será pelo fato de ser frio ou simplesmente pq a planta não cresceu o suficiente de forma a produzir frutos? Cpms

    ResponderExcluir
  5. Tenho uma Costela de Adão aqui em meu sítio em Portugal, porém nunca vi nenhum fruto! Será pelo fato de ser frio ou simplesmente pq a planta não cresceu o suficiente de forma a produzir frutos? Cpms

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá. Também vivo em Portugal (Minho) e tenho Costela de Adão, neste momento, com 6 frutos! E tirei um faz uns dois meses.

      Excluir
    2. Olá. Também vivo em Portugal (Minho) e tenho Costela de Adão, neste momento, com 6 frutos! E tirei um faz uns dois meses.

      Excluir
    3. olá Jurga,onde comprou a planta?Sou de Santo Tirso e gostava de comprar uma já grandinha.

      Excluir
  6. Provavelmente ainda não é suficientemente grande. Tenho várias , também em Portugal e já deram frutos várias vezes.

    ResponderExcluir
  7. Sou portuguesa, e minha costela de adão está com 5 frutos, vivo no centro ou seja não e sítio mais quente e mesmo assim está linda , nunca comi não sei se coma pk não sei quando ...acabou uma de dae a flor linda e ficou o fruto

    ResponderExcluir
  8. Sou portuguesa, e minha costela de adão está com 5 frutos, vivo no centro ou seja não e sítio mais quente e mesmo assim está linda , nunca comi não sei se coma pk não sei quando ...acabou uma de dae a flor linda e ficou o fruto

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...